HIV/SIDA e Género

02_03_04-HIV_AIDS

HIV / AIDS e Oficina de Desigualdade de Género HIV / AIDS e Oficina de Desigualdade de Género

Em 2001, coincidindo com a Sessão Especial da ONU sobre HIV / AIDS, o Prémio Africa foi apresentado a quatro activistas Africano AIDS e foi usado para lançar a iniciativa do Hunger Project de AIDS.

A  desigualdade de gênero propaga VIH/SIDA. O papel de gênero na sociedade incentiva os homens a ter relações sexuais sem proteção com múltiplos parceiros, e deixa as mulheres incapazes de negociar sexo seguro. Para resolver esses problemas, o Hunger Project criou um treinamento a nível de base que da oportunidade as comunidades rurais a conhecer os fatos sobre a SIDA e lança campanhas dirigidos a mudarem os comportamentos periogosos.


Desde que este treinamento foi lançado em 2003, mais de 980 mil pessoas participaram nele em epicentros do Hunger Project em toda a África. O treino resultou num aumento de demanda de preservativos tanto de parte dos homens como das mulheres resultando numa redução de doenças sexualmente transmissíveis, uma redução acentuada na violência doméstica, e mudando visivelmente comportamentos de gênero tal como os homens a assumirem a responsabilidade por uma parte dos cuidados infantis e as tarefas domésticas.

Leia o nosso Mundo de 2009 Declaração Dia AIDS.

Leia o nosso Mundo de 2010 Declaração Dia AIDS.